São Paulo F.C



Hora de mostrar a força no Morumbi

Embalado por três vitórias consecutivas, Muricy quer melhorar o aproveitamento da equipe em casa

6133.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

As três vitórias consecutivas do Tricolor no Campeonato Brasileiro de 2014 devolveram a confiança ao time e recolocaram o clube na briga pelas primeiras colocações. No entanto, o técnico Muricy Ramalho ainda quer mais: recuperar a força da equipe no Morumbi. Em oito jogos como mandante, foram quatro triunfos, três empates e uma derrota (62% de aproveitamento).

"Tem de analisar a tabela, porque nesse campeonato tem de fazer esse tipo de análise. Estamos indo bem fora de casa, mas temos de melhorar em casa. Jogando fora, que é mais difícil, a gente tem ido bem. Então, temos de jogar em casa igual", avaliou o comandante são-paulino, que já projetou o embate contra o Santos.

Neste final de semana, no Morumbi, o São Paulo enfrentará os santistas em busca das primeiras colocações. "É um clássico, e precisamos aproveitar o fato de jogar em casa. Quando você ganha fora de casa, como foi contra o Inter (1 x 0), você tem chance de encostar bem nos líderes. Mas, pra isso acontecer, temos que pontuar mais no Morumbi", acrescentou.

Após 16 rodadas na competição nacional, o Tricolor ocupa a quarta colocação com 29 pontos. Até aqui, foram oito vitórias, cinco empates e três derrotas (26 gols marcados e 18 sofridos). E para buscar o topo da tabela, o treinador poderá contar com o retorno do meio-campista Souza, que está de volta ao time após cumprir suspensão automática.

"O Souza está bem fisicamente e pode até voltar. Quando o time está no caminho certo, não adianta o técnico começar a querer se meter muito. Técnico tem que se meter no time quando ele não está bem. A gente está achando um time, tem jogado de forma bem posicionada", afirmou Muricy, que festejou o retorno da confiança do elenco.

"Estamos há três jogos sem perder, três vitórias seguidas e mostra que estamos deixando esse assunto (desconfiança) para trás. A gente oscilou muito na competição, mas nesses três jogos fomos bem", finalizou o técnico tricolor, que deverá apostar mais uma vez no quarteto ofensivo formado por Paulo Henrique Ganso, Kaká, Alexandre Pato e Luis Fabiano.