São Paulo F.C



Time treina à exaustão para o clássico

Bola parada teve atenção especial e cobrança por melhora. Muricy também promoveu um trabalho tático

Na manhã deste sábado, véspera do clássico, o São Paulo finalizou os preparativos para enfrentar o Palmeiras, no Pacaembu. E os jogadores certamente saíram com dor de cabeça depois de duas horas de treino, a maior parte com bolas paradas.

Muricy treinou à exaustão. Especialmente bolas paradas defensivas, jogada que tem atormentado a equipe nas últimas partidas. Bolas cruzadas de escanteios e faltas pela direita e esquerda, frontais, enfim, não faltou treino. Rogério, mais uma vez, participou muito, assim como Muricy, sempre buscando um melhor ajuste.

Os atletas ficaram por cerca de uma hora cabeceando bolas, repetindo jogadas, corrigindo posicionamentos. O retorno de Alan Kardec deixa o time amis alto e com uma referência importante nesta jogada.

Houve também um trabalho tático. Jogadores fazendo o "balanço" de um lado para o outro, com jogadas em profundidade e cobertura entre os meias, volantes e laterais.  Muricy orientou repetidamente o posicionamento da equipe, tanto para defender, como atacar.

Por fim, pra animar a concentração tricolor, o bom e divertido rachão, com Rogério Ceni na linha, Michel Bastos - que enquanto a equipe fazia treino tático ele trabalhava a parte física - em campo e muita movimentação em jogadas de dois toques.

O elenco tricolor segue concentrado no CT da Barra Funda até a hora do clássico. Alan Kardec e Kaká são as principais novidades da equipe. Rafael Toloi, que também não enfrentou o Bragantino, é mais um reforço para o Choque-Rei.