São Paulo F.C



São Paulo dá show, vence o Vasco e sai da zona do rebaixamento

Com gols de Rodrigo Caio e Antonio Carlos, Tricolor bate os cariocas por 2 a 0 e respira no Brasileiro

O Tricolor, finalmente, está fora da zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2013. Neste domingo (15), o São Paulo bateu o Vasco por 2 a 0 e, de quebra, manteve a sua invencibilidade no Estádio São Januário (quatro vitórias e três empates nos últimos jogos). Com gols de Rodrigo Caio e Antonio Carlos, ambos aproveitando cobrança de bola parada de Jadson, a equipe somou o seu 24º ponto em 21 partidas na competição nacional.

O triunfo sobre os vascaínos, no Rio de Janeiro, fez com que o clube paulista ultrapassasse os cariocas na tabela e ocupassem o 15º lugar. Já o técnico Muricy Ramalho, que acertou a sua volta ao Tricolor na última semana, conquistou a sua segunda vitória consecutiva e ultrapassou Telê no ranking de triunfos no comando do time. Agora, o treinador ocupa o terceiro lugar, com 199 resultados positivos e está atrás apenas de Feola (299) e Poy (213).

Em relação ao time que bateu a Ponte Preta (1 a 0), na última quinta-feira (12), o treinador são-paulino fez três alterações. Denilson (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), Mateus Caramelo e Welliton saíram da equipe. Rafael Toloi, Jadson e Osvaldo (de volta após cumprir suspensão) foram os escolhidos por Muricy que, assim, mudou o esquema tático 3-5-2 para 4-4-2. O Tricolor começou o jogo com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Antonio Carlos e Reinaldo, Rodrigo Caio, Maicon, Paulo Henrique Ganso e Jadson; Osvaldo e Luis Fabiano.

Seguindo as palavras do comandante, que logo após o triunfo sobre os campineiros afirmou que o São Paulo deveria atacar os vascaínos mesmo atuando fora de casa, o clube paulista se lançou ao ataque desde o apito inicial. Com apenas um minuto, Maicon arriscou da entrada da área e, por pouco, não abriu o marcador no Rio de Janeiro.

Após o susto, os anfitriões tentaram pressionar, mas pararam no eficiente sistema defensivo tricolor que neutralizou as jogadas rivais. Com o duelo parelho, o São Paulo buscou o gol na bola parada. Aos 30 minutos, Rodrigo Caio aproveitou cobrança de escanteio de Jadson, testou firme e balançou as redes em São Januário: 1 a 0. Osvaldo ainda arriscou algumas descidas ofensivas com Reinaldo, mas não conseguiu concretizar e, dessa forma, o confronto foi para o intervalo com os são-paulinos em vantagem.

Na volta para a segunda etapa, Muricy manteve o mesmo esquema tático, mas apostou na entrada do atacante Welliton no lugar de Osvaldo. E assim como fez nos primeiros 45 minutos, o Tricolor buscou o gol cedo. Com apenas um minuto de bola rolando no segundo tempo, Antonio Carlos testou com perigo após falta cobrada por Jadson e só não ampliou o placar, porque o goleiro Diogo Silva fez grande defesa.

Incomodado com a iniciativa são-paulina, o Vasco tratou de equilibrar o jogo e buscar o gol de empate. No entanto, Rogério Ceni apareceu bem em três oportunidades e fez boas intervenções para impedir o ímpeto dos cariocas. Jadson e Ganso, trocando passes e procurando as tabelas com Maicon, souberam cadenciar o duelo e dar tranquilidade ao time.

E após conter o ataque vascaíno, o Tricolor tratou de assegurar a vitória. O zagueiro Antonio Carlos, aos 24 minutos, brigou pela bola após escanteio cobrado por Jadson e anotou o segundo tento são-paulino no Rio de Janeiro. Festa dos jogadores e torcida, que se empenharam para tirar a equipe das últimas colocações do Campeonato Brasileiro de 2013.