São Paulo F.C



Tricolor pressiona, mas acaba derrotado pelo Goiás

Com gol de Rodrigo, campeão brasileiro em 2008 com o São Paulo, goianos vencem por 1 a 0 no Morumbi

O São Paulo acabou derrotado pelo Goiás, por 1 a 0, no Morumbi, e não conseguiu dar sequência ao bom início de Campeonato Brasileiro 2013. Embalado por duas vitórias e um empate nos primeiros três jogos da competição nacional, o Tricolor pressionou durante toda a partida, mas não conseguiu passar pela defesa goiana, que anotou o gol da vitória com Rodrigo, campeão brasileiro em 2008 com a equipe são-paulina.

Com o revés no duelo válido pela quarta rodada, os comandados do técnico Ney Franco continuaram com sete pontos e se mantiveram no G-4. Na próxima rodada, o São Paulo visitará o Grêmio, no dia 12, em Porto Alegre, na sequência do Brasileirão.

Com o retorno de Paulo Henrique Ganso e Luis Fabiano, ambos recuperados de lesão, mas sem poder contar com Denilson (suspenso), Carleto e Rafael Toloi (lesionados), o técnico Ney Franco escalou o Tricolor com Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Lúcio e Juan; Wellington, Rodrigo Caio, Maicon e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano.

GOIÁS SURPREENDE

Logo no início da partida, a equipe são-paulina foi surpreendida pelos visitantes. Com apenas um minuto de jogo, o zagueiro Rodrigo, campeão brasileiro em 2008, aproveitou cobrança de falta e testou para abrir o placar no Morumbi. No entanto, apesar de colocar a sua equipe em vantagem, o defensor não comemorou o gol. "Devo toda a minha carreira ao São Paulo e tenho muito respeito pelo Rogério Ceni", afirmou.

Após sofrer o revés, o São Paulo tratou de buscar o gol de empate e partiu para cima do adversário. Dessa forma, foram inúmeras as oportunidades de gol no primeiro tempo. Luis Fabiano, Rogério Ceni (em cobrança de falta), Douglas e Osvaldo até tentaram, mas pararam nas mãos do goleiro Renan, do Esmeraldino.

Aos 9 minutos, o camisa 9 são-paulino até balançou as redes, mas o árbitro assinalou impedimento na jogada e invalidou o tento do Fabuloso. Com Ganso e Maicon centralizados, Luis Fabiano era acionado com frequência no ataque, porém, não conseguia passar pelo sistema defensivo rival.

Pelo alto, Luis Fabiano, aos 20 minutos, testou com perigo e a bola passou perto. Cinco minutos depois foi a vez de Douglas pegar firme, pela direita, e obrigar o arqueiro goiano espalmar para escanteio. Mesmo pressionando e sem deixar o Goiás sair do campo de defesa, o Tricolor foi para o intervalo em desvantagem no placar.

VISITANTES SE FECHAM NA DEFESA

Na volta para a segunda etapa, Ney Franco tentou dar mais mobilidade ao time e promoveu a entrada do atacante Aloísio no lugar de Douglas. Assim, Rodrigo Caio foi deslocado para a lateral direita e o Tricolor manteve a pressão sobre o adversário. Juan, dentro da área, teve a melhor chance do jogo, mas assim como os seus companheiros, parou nas mãos de Renan.

Trocando passes no meio de campo, a equipe são-paulina buscava o gol, mas o sistema defensivo do Goiás armou uma verdadeira barreira e, dessa forma, dificultou a vida dos atacantes tricolores. O goleiro Rogério Ceni teve outra boa chance, em cobrança de falta, mas a bola ficou na barreira.

Apesar de insistir e não dar espaço aos goianos, as redes não balançaram novamente no Morumbi e os visitantes conseguiram segurar o resultado. Na próxima rodada, de olho na manutenção das primeiras colocações do Campeonato Brasileiro 2013, o São Paulo visitará o Grêmio, no dia 12, em Porto Alegre, na sequência do Brasileirão.