São Paulo F.C



Adilson Batista: "Fomos prejudicados. O critério foi diferente"

Técnico não gostou da arbitragem de Heber Roberto Lopes na partida contra o Grêmio

5016.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

O técnico Adilson Batista também deixou o Olímpico bravo com a arbitragem na derrota para o Grêmio por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro. Quando o jogo ainda estava empatado em 0 a 0, o árbitro Heber Roberto Lopes anulou, de forma equivocada, um gol do volante Casemiro.

"Nós tivemos um gol mal anulado. O Casemiro não fez falta em ninguém. Depois deste lance tomamos o gol. Meu xará (Adilson, volante do Grêmio) fez mais de 20 faltas e não tomou nem amarelo", disse o comandante são-paulino.

"Fomos prejudicados. O critério foi diferente. Teve a pressão da torcida, o árbitro amarelou todo o nosso time e isso gera insegurança. No outro lado bateu, deu cotovelada e nada aconteceu. Com 1 a 0 a história seria diferente", completou Adilson Batista.

Com o revés, o Tricolor permaneceu com 41 pontos, dois a menos que o Corinthians. Na próxima rodada, o São Paulo receberá o Ceará, no Morumbi. O treinador terá a semana livre para treinar a equipe. No entanto, ele não poderá contar com Dagoberto diante dos cearenses. O camisa 25 recebeu o terceiro cartão amarelo.