São Paulo F.C



Fabuloso faz 2, e Tricolor goleia o Santos na despedida de 2011

Cícero e Lucas também marcaram, mas São Paulo ficou sem a vaga na Libertadores

O São Paulo fez o seu dever. Com um bom futebol no primeiro tempo, já liquidou o clássico contra o Santos nos primeiros 45 minutos. Mas o Tricolor sabia que dependeria de outros resultados para ir à Libertadores de 2012. E não deu. O Internacional venceu o Grêmio e ficou com a última vaga no G-5.

Na tarde deste domingo, em Mogi Mirim, Luis Fabiano, duas vezes, Lucas e Cícero fizeram os gols na vitória por 4 a 1 diante da equipe santista. Com 59 pontos, o Tricolor deixou a vaga escapar por apenas um ponto, já que o Inter se classificou somando 60 pontos em 38 rodadas do Campeonato Brasileiro.

A tão sonhada vaga não veio, mas o jogo deste domingo mostrou que a torcida tricolor terá em 2012 um Luis Fabiano prá lá de inspirado e pronto para recolocar o São Paulo no caminho dos títulos. Com sete gols no retorno ao clube, Fabuloso será uma das grandes apostas para a próxima temporada. Uma última boa atuação da equipe para dar esperança a todos em 2012.

GOLAÇOS EM MOGI

O São Paulo entrou em campo sabendo que não poderia perder tempo, pois precisava ao menos vencer sua partida para seguir sonhando com uma vaga na Libertadores. E antes mesmo dos dez minutos, Luis Fabiano teve duas oportunidades de abrir o placar em Mogi Mirim.

E foi com Fabuloso que a torcida são-paulina começou a comemorar. Aos 13 minutos, Fernandinho cruzou da esquerda e o camisa 9, de cabeça, fez o seu sexto gol no retorno ao clube. O primeiro tempo ainda reservava mais duas alegrias aos torcedores.

Mas antes, aos 26, Jean recebeu ótimo passe de Denilson e acertou o travessão. Já aos 33, Cícero soltou um petardo de fora da área e ampliou. Lucas também não deixou por menos e com um belo chute fez o terceiro do Tricolor.

FABULOSO FAZ MAIS UM

O São Paulo iniciou a todo vapor a etapa final. Logo no primeiro lance de perigo, Luis Fabiano invadiu a área e tocou para Cícero. O camisa 16 tentou um toque de letra na jogada. Com uma boa vantagem no placar, o Tricolor administrou o jogo e teve o controle da posse de bola.

Apesar disso, o Santos conseguiu diminuir o placar, aos 16 minutos do segundo tempo. De falta, o meia Elano chutou por debaixo da barreira são-paulina e venceu o goleiro Rogério Ceni. Minutos depois, Leão colocou Marlos e Piris nos lugares de Fernandinho e Cícero, respectivamente.

Aos 35 minutos, Luis Fabiano ampliou o placar. Nesta altura do campeonato, a torcida até que comemorou, mas no Beira-Rio o Internacional já vencia o Grêmio. Todos sabem que não foi um grande ano para o São Paulo, mas a goleada sobre o Santos mostra que o time poderá ser bem diferente no próximo ano.