São Paulo F.C



Tricolor perde clássico, mas segue na briga pela Libertadores

São Paulo foi derrotado pelo Palmeiras por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Pacaembu

Era o dia para entrar de vez na zona de classificação para a Libertadores e depender apenas de si para garantir a vaga na última rodada. Mas, na tarde deste domingo, no Pacaembu, o São Paulo perdeu para o Palmeiras por 1 a 0, com um gol do volante Marcos Assunção.

Apesar do revés, o Tricolor segue com chances no Campeonato Brasileiro. Internacional e Figueirense, rivais por uma vaga, também perderam suas partidas na rodada. O Coritiba venceu e também chegou a 57 pontos. A diferença do São Paulo (que tem 56) para o trio é de apenas um ponto. Tudo será definido na última rodada do Brasileiro.

BOLA NA TRAVE

O técnico Emerson Leão entrou em campo com a escalação dos últimos treinos feitos no CT da Barra Funda. João Filipe voltou para a zaga são-paulina, enquanto Denilson e Wellington formaram a dupla de volantes. O camisa 5, inclusive, fez marcação individual no chileno Valdivia.

Ambas as equipes não tiveram muitas oportunidades ao longo da primeira etapa. Apenas uma perigosa para cada lado, primeiro com o Tricolor. Aos 32 minutos, o lateral-esquerdo Juan chutou de direita dentro da área, mas a bola bateu na trave do goleiro Deola.

Depois, no último lance do primeiro tempo, Rogério Ceni salvou o São Paulo. O camisa 01 fez excelente defesa em chute de Patrik, a bola ainda bateu no travessão. No rebote, Valdivia tentou de bicicleta, mas errou. Um primeiro tempo equilibrado no Pacaembu.

RESTA UMA CHANCE

Logo no início do segundo tempo, Luis Fabiano quase abriu o placar. O camisa 9 recebeu de Dagoberto e chutou cruzado. A bola passou muito perto da trave. O Palmeiras respondeu minutos depois, quando Valdivia recebeu livre na área, mas isolou na hora do chute.

Mas, aos 10 minutos, Marcos Assunção cobrou falta pela esquerda, ninguém desviou e a bola foi direto para o gol. Minutos após o gol palmeirense, Leão colocou em campo Rivaldo e Marlos nos lugares de Dagoberto e Cícero, respectivamente.

O São Paulo não se entregou. Aos 16, Juan cruzou e Piris, de cabeça, quase marcou, mas a bola bateu no chão e subiu demais. Já aos 22, Leão fez a última alteração e colocou a equipe no ataque. Willian entrou no lugar de Juan. O Tricolor buscou o empate, fez as jogadas, mas saiu de campo derrotado. No fim, Rivaldo foi expulso.

REAPRESENTAÇÃO

De folga nesta segunda-feira, o elenco são-paulino voltará aos treinos na manhã da próxima terça-feira, no CT da Barra Funda. Emerson Leão terá a semana livre para preparar o time diante do Santos, no próximo fim de semana, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.