São Paulo F.C



Gol no início decreta derrota do Tricolor na Arena da Baixada

São Paulo segue sem vencer no estádio e não entra no G-5 do Campeonato Brasileiro

Um gol logo no início e nada mais. Foi o assim a partida na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada. Com um gol aos dez minutos, o Atlético-PR bateu o São Paulo por 1 a 0 e manteve o tabu de jamais ter perdido para o Tricolor em seu estádio.

Com a derrota, o São Paulo permanece com 53 pontos e pode se distanciar da zona de classificação para a Copa Libertadores de 2012. Até o início da rodada, a diferença para o G-5 era de apenas dois pontos. Faltando três rodadas, entretanto, ainda é possível sonhar com esta vaga.

GOL DO ADVERSÁRIO

O técnico Emerson Leão entrou em campo com a formação do coletivo da última terça-feira. Com isso, Fernandinho e Willian foram os atacantes, enquanto Denilson ficou com a vaga de Luiz Eduardo. Mas o Tricolor não deu sorte nos primeiros minutos de jogo na Arena da Baixada.

Logo aos dez minutos, o atacante Guerrón recebeu livre pelo lado direito do ataque atleticano e chutou forte na saída do goleiro Rogério Ceni. Apesar do gol, o São Paulo não recuou, mas viu um adversário melhor durante toda a primeira etapa. Ceni, por duas vezes, teve de fazer ótimas defesas.

Lá no ataque, Fernandinho, pela esquerda, tentou fazer algo para empatar, mas em vão. Cícero e Carlinhos, com chutes de longe, também buscaram o gol adversário, mas a bola subiu muito. O camisa 20, com dores na perna direita, teve de sair para a entrada do volante Casemiro.

DERROTA NA ARENA

Para buscar o empate, Emerson Leão fez as últimas mudanças no time. Aos 13 minutos do segundo tempo, Rivaldo e Marlos entraram nos lugares de Casemiro e Fernandinho, respectivamente. Aos 18, Lucas tentou um chute pela direita, porém sem muito perigo ao goleiro do Atlético-PR.

Minutos depois, a principal chance do Tricolor. Rivaldo deu ótimo passe para Jean que, de esquerda, obrigou Renan Rocha a se esticar todo para defender. O São Paulo melhorou na partida e ficou com mais posse de bola, mas ainda faltava encaixar um bom ataque na etapa final.

Aos 29, após boa troca de passe entre Rivaldo e Lucas, o camisa 7 chutou forte e quase marcou. Aos 34, Rivaldo subiu para cabecear dentro da área e se chocou com Rena Rocha. Um lance muito duvidoso, mas o árbitro Pablo dos Santos Alves nada assinalou. O Tricolor seguiu tentando, mas foi derrotado mais uma vez na Arena da Baixada.

VOLTA PARA A CAPITAL

O elenco são-paulino retorna na tarde desta quinta-feira para São Paulo. Às 15h30, Emerson Leão comandará um treino no CT da Barra Funda. No próximo sábado, o Tricolor Paulista receberá o América-MG, no Morumbi. Luis Fabiano, suspenso contra o Atlético-PR, estará de volta ao time.