São Paulo F.C



Histórico, Tricolor vence San Lorenzo e chega à semifinal da BCLA

Em jogo decidido nos minutos finais, São Paulo consegue avançar pela primeira vez às semifinais do torneio de clubes mais importante do continente

Em uma partida cheia de emoções, o São Paulo conquistou uma vaga na semifinal da Basketball Champions League Americas (BCLA), o torneio de clubes mais importantes do continente. O Tricolor teve um adversário duro pela frente, o San Lorenzo (ARG), e venceu por 78 a 75. A partida foi disputada no ginásio Alexis Argüello, em Manágua, na Nicarágua. 

Georginho (20 pontos, 6 rebotes e 6 assistências) foi o cestinha e grande destaque da partida. Lucas Mariano (16 pontos, 6 rebotes), Renan (13 pontos) e Jefferson (10 pontos e 7 rebotes) também se destacaram.

O primeiro quarto foi de equilíbrio total, e terminou em 21 a 21, com destaque para Lucas Mariano, que marcou oito pontos. Bem nos contra-ataques e aproveitando da rapidez de seus jogadores, o Tricolor manteve um alto nível de jogo no segundo período. Mas cometeu alguns erros, que fizeram a equipe ir para o intervalo com quatro pontos de desvantagem. 

O reinício da partida foi excelente, de muita intensidade e confiança são-paulina. Mas com erros nos lances livres, o São Paulo deixou o rival passar à frente no marcador. Brigando muito no quarto final, o Tricolor teve inteligência e bastante qualidade para conseguir a vitória nos minutos finais, quando Georginho fez jogada individual e marcou 77 a 75. Com mais um ponto de lance livre, feito por Renan, a equipe conseguiu a vaga. 

Na fase de grupos, interrompida após a segunda janela por conta da pandemia de covid, a equipe são-paulina ficou na segunda colocação do grupo B, com seis pontos – duas vitórias, sobre Universidad de Concepción (CHI) e Quimsa (ARG), e duas derrotas, para os mesmos rivais.

A semifinal acontece neste domingo (11), às 19h40 (de Brasília), com transmissão do DAZN. O rival são-paulino será o Flamengo, que venceu o Caballos de Coclé (PAN).

Quinteto inicial: Bennett, Shamell, Jefferson, Georginho e Lucas Mariano.
Técnico: Claudio Mortari