São Paulo F.C



São Paulo pega Fortaleza para se manter entre os primeiros

Após bater Unifacisa, Tricolor encontra outro rival que briga pelo Super 8

WhatsApp Image 2020-12-11 at 21.58.23 (3).jpeg

Por Mauro Horita/ECP

O São Paulo segue sua maratona de dezembro no NBB nesta quarta-feira (23). Às 20 horas, a equipe encara o Fortaleza no Ginásio Henrique Villaboim, no Pinheiros (com transmissão do DAZN) com o objetivo de se manter no grupo dos melhores times da competição.

Uma vitória pode inclusive colocar a equipe na vice-liderança, caso Minas seja derrotado por Franca. Mas antes de pensar nos outros, a equipe de Claudio Mortari sabe que precisa fazer a sua parte e entrar atenta na partida para não ser surpreendida. 

Para isso, os jogadores apontam que o principal segredo é saber se adequar às circunstâncias da partida e fazer os ajustes necessários, como aconteceu diante da Unifacisa, quando a equipe teve um baixo aproveitamento nas bolas de longa distância e soube ganhar o jogo com uma defesa muito forte e trabalhando bem a bola próxima ao garrafão.

"Estávamos pecando um pouco para jogar em transição, que é a forma que gostamos, e tem dia que a bola não cai. Criamos espaços para os arremessos, mas não tivemos um bom aproveitamento como tem sido na temporada. Pelo menos conseguimos manter o adversário com uma pontuação bem baixa e isso nos ajudou a sair com a vitória", avaliou Georginho.

E a exemplo dos paraibanos, o Fortaleza também briga para se garantir no Super 8 em janeiro (atualmente ocupa a sétima posição) e precisa da vitória para se aproximar do torneio, que dá uma vaga direta à Champions League das Américas. Já o Tricolor quer manter o ritmo para chegar forte na competição.

"Estamos um pouco desgastados, são jogos praticamente a cada 48 horas mas não podemos deixar isso nos afetar, temos que trabalhar para recuperar o quanto antes e seguir com a sequência para chegarmos bem no Super 8 e fazer um bom torneio", completou Georginho.