São Paulo F.C



São Paulo perde para o Rio Claro em retorno do NBB

Tricolor erra muito no segundo tempo e acaba castigado pela equipe do interior: 94 a 92

Rio Claro x SPFC

Por @Marphimphoto

O São Paulo iniciou o segundo turno do NBB com derrota. A equipe enfrentou o Rio Claro no Ginásio Felipe Karam, no interior, e foi castigada pelo excesso de erros na segunda etapa para sofrer seu primeiro revés como visitante: 94 a 92. Georginho, com 17 pontos, 10 rebotes e seis assistências e Shamell,  com 24 pontos e quatro rebotes, foram os principais destaques. Jefferson e Murilo contribuíram com 16 pontos cada.
 
A partida com os dois times demonstrando grande eficiência ofensiva e apostando em estratégias diferentes para pontuar. O São Paulo iniciou forte no jogo de garrafão e viu em Murilo uma excelente válvula de escape: o experiente pivô contribuiu com dez pontos no perímetro. Já os donos da casa, a exemplo do confronto no primeiro turno, conseguiu encontrar alternativas nos arremessos de perímetro (foram três certeiros) para pontuar e também teve bom desempenho nos rebotes (11, sendo quatro ofensivos) para terminar o período um ponto na frente.

O Tricolor conseguiu ajustar seu posicionamento defensivo e passou a dominar o garrafão, o que dificultou as jogadas do adversário e forçou uma série de erros. Quando teve a bola nas mãos, os são-paulinos mantiveram o ímpeto e castigaram o adversário com uma grande variedade de jogadas e um alto aproveitamento nos arremessos (quase 67% de disparos certeiros). O resultado da equação foi a virada da equipe de Claudio Mortari, que foi para o vestiário com oito pontos de vantagem.

O Rio Claro voltou mais ligado do vestiário e conseguiu equilibrar novamente a partida. A partir da metade do segundo quarto, o time do interior encaixou seu jogo ofensivo e se aproveitou da desatenção do adversário em diversos momentos para reagir e virar o placar. O São Paulo viu seu repertório ser praticamente anulado no período e o aproveitamento dos arremessos de quadra (apenas 36%, com menos de 29% nos chutes de três).

A dificuldade do Tricolor persistiu no começo do quarto final, o que permitiu que os donos da casa, empurrados pela sua torcida, abrissem seis pontos de vantagem logo no início do quarto. O São Paulo tentou fazer frente e chegou a encostar no placar nos segundos finais, mas os vacilos custaram caro e a equipe não teve forças para buscar a virada.

O São Paulo volta à quadra neste sábado. Às 12h50, o Tricolor recebe o Botafogo no Ginásio Antonio Leme Nunes Galvão, no Morumbi. A entrada acontece pelo Portão 13 do estádio e é gratuita.