São Paulo F.C



Em duelo emocionante, São Paulo bate Mogi no Paulista

Após ficar atrás por mais de dez pontos, Tricolor vira no último quarto e supera adversário

Foi com emoção, mas o São Paulo mostrou força coletiva e sangue frio nos minutos finais para superar a equipe do Mogi por 91 a 87 e chegar à quarta vitória no Grupo A do Campeonato Paulista de Basquete. Jogando no Ginásio Antonio Leme Nunes Galvão, o Tricolor teve como principais destaques Shamell (20 pontos e cinco assistências), Georginho (18 pontos, nove rebotes e sete assistências) e Renan (16 pontos e seis rebotes).

O São Paulo começou a todo vapor. Com a mão calibrada e neutralizando as principais ações ofensivas do adversário, o Tricolor conseguiu construir uma boa vantagem na metade do primeiro quarto, mas o Mogi conseguiu segurar o ímpeto ofensivo e aos poucos foi reduzindo a diferença e equilibrou o marcador. No estouro do crônometro, a equipe conseguiu roubar a bola de Alexey e Holloway marcou para deixar a diferença em três pontos (25 a 22).

O Tricolor, no entanto, começou a ter dificuldades à medida que o Mogi encaixou a marcação e começou a dificultar as ações ofensivas dos donos da casa. Enquanto os são-paulinos insistiam nos arremessos de três e viam o aproveitamento do perímetro cair (foram cinco acertos em 19 tentativas, aproveitamento de apenas 26%), o adversário via o cenário oposto e começou a abrir vantagem na liderança. Mogi chegou a liderar por dez pontos, mas o Tricolor então voltou às jogadas de infiltrações, voltou para o jogo e reduziu a diferença para apenas quatro pontos (46 a 50).

O panorama do jogo não se alterou na volta do intervalo. O São Paulo mais uma vez começou a acumular erros ofensivos e permitiu ao Mogi elevar a vantagem para então conseguir emplacar alguns ataques seguidos e reduzir a distância. Os times trocaram cestas sem que ninguém construísse uma vantagem expressiva e a decisão ficou para o último quarto.

No quarto final, o Tricolor conseguiu encaixar a marcação e deixou o adversário com muita dificuldade para pontuar. Quando teve a bola nas mãos, o time apostou especialmente em Shamell e Georginho para golpear e conseguiu empatar a partida. A partir daí, o confronto ficou extremamente parelho e a emoção tomou conta do ginásio, que via os adversários se alternando na liderança até os minutos finais. Com uma bola de três de Georginho e uma cesta de Holloway com direito a ponto extra de lance livre, o Tricolor conseguiu construir a liderança que foi sacramentada com dois pontos de Jefferson em lances livres, que deram números finais à partida. 

O São Paulo volta à quadra nesta sexta-feira, quando visita a equipe do Pinheiros, no Ginásio Henrique Vilaboim, dentro do complexo social do Pinheiros, a partir das 20 horas.