São Paulo F.C



Com show de Jones, Tricolor bate o Blumenau na Liga Ouro

Americano conduz equipe à vitória que mantém as chances de vaga direta às semifinais

O São Paulo precisava vencer o duelo contra Blumenau para chegar à última rodada em condições de ficar com a segunda vaga direta para a semifinal da Liga Ouro. E o objetivo foi cumprido com enorme êxito: liderado por Jones, o Tricolor venceu por 82 a 71 em atuação de gala especialmente no terceiro quarto. O camisa 8 foi o principal destaque da equipe com 23 pontos. Além dele, Stocks (18 pontos e cinco assistências) e João Vitor (11 pontos e 13 rebotes) tiveram participação importante no resultado.

Se vencer o próximo jogo e o Campo Mourão for derrotado pelo Londrina fora de casa - ambos os duelos acontecem na quinta-feira - o São Paulo assegurará a segunda posição geral e estará livre de disputar a fase de quartas de final.

A tônica do primeiro tempo foi o equilíbrio. Após o Tricolor abrir 9 a 2 num início fulminante de jogo, aos poucos a equipe catarinentse passou a acertar a marcação e evitou que os donos da casa abrissem uma vantagem muito larga já no princípio. Com Ted afiado na linha dos três (converteu as duas tentativas) e Jones alternando disparos de média distância com boas infiltrações, o Tricolor conseguiu controlar o marcador e soube neutralizar as ações ofensivas do rival.

O Blumenau, no entanto, conseguiu encaixar a marcação no segundo quarto e passou a dificultar a transição, o que fez o aproveitamento dos arremessos de quadra dos são-paulinos cair bastante (apenas 30% de acerto) e permitiu que os catarinenses fossem para o intervalo com um ponto de vantagem (33 a 32).

E então veio o terceiro quarto. Comandados por Jones, que marcou dez pontos apenas na etapa, o Tricolor voltou pilhado e teve uma atuação avassaladora: aproveitamento de 79% dos arremessos de quadra, incluindo dois tiros de três pontos e nove rebotes conquistados contra apenas dois do adversário. Números que fizeram o Tricolor vencer o período por 34 a 15 e transformar o último quarto numa mera formalidade.

Apesar da vantagem confortável no marcador, os são-paulinos continuaram jogando com seriedade e administraram o marcador. O técnico Claudio Mortari aproveitou para rodar o elenco e o time correspondeu à altura, mantendo a liderança sem dificuldades e deixando a decisão da segunda vaga direta para a semifinais para o último jogo, que acontece nesta quinta-feira, às 20 horas, contra o Pato Basquete, mais uma vez no Morumbi.