São Paulo F.C



Georginho faz história, São Paulo bate São José e vence a segunda no NBB

Armador é o primeiro atleta a fazer dois triplos duplos seguidos na competição; Tricolor supera erros e se impõe no fim

Foi um jogo difícil, mas o São Paulo conseguiu superar seus próprios erros (foram 18 desperdícios de bola contra apenas seis do rival) e bateu a equipe do São José por 73 a 67 no Ginásio Antonio Leme Nunes Galvão, no Morumbi, para chegar à segunda vitória seguida no NBB. A exemplo da primeira partida, Georginho anotou mais um triplo duplo, com dez pontos, 11 rebotes e 11 assistências -o camisa 14 foi o primeiro atleta da história do NBB a anotar dois triplos duplos seguidos. Shamell e Léo Meindl, com 16 pontos cada foram outros destaques da equipe.

A partida começou com o Tricolor apostando nas jogadas de infiltração principalmente com Shamell (que marcou seis pontos no primeiro quarto) e Georginho e Léo Meindl. São José, por sua vez, fez uma marcação agressiva e conseguiu dificultar as ações ofensivas da equipe de Cláudio Mortari, que teve quatro erros contra nenhum do adversário. Dessa forma, a primeira parcial terminou equilibrada, com um ponto de vantagem para os donos da casa (16 a 15).

O cenário se manteve semelhante no segundo quarto. Mesmo quando conseguiu encaixar dois ataques seguidos da linha dos três e abriu oito pontos à frente, o São Paulo seguiu com dificuldades e viu o rival gradualmente reduzir a diferença, principalmente após acertar a marcação por zona. Com aproveitamento baixo nos disparos de quadra (39% para os donos da casa e 30% para o adversário), São José acabou levando vantagem nos detalhes: apanhou 14 rebotes (cinco ofensivos) e teve três erros no período, contra nove rebotes (apenas um ofensivo) e quatro erros do Tricolor, fatores que foram decisivos para o time de São José dos Campos ir para o vestiário com um ponto de vantagem (35 a 34).

A volta do intervalo apresentou poucas modificações. São José mais uma vez sofria no aproveitamento dos arremessos de quadra (31% no período), mas o Tricolor continuou desperdiçando muitas bolas e não conseguia encaixar uma sequência de ataques que fizesse o time deslanchar. Nos últimos dois minutos, porém, o time enfim conseguiu se ajustar e golpeou o rival para abrir seis pontos de vantagem.

A curta distância não foi suficiente para definir o resultado final da partida. No último período, foi o São Paulo que viu seu aproveitamento nos arremessos de quadra despencar e quase custar a vitória. Mas a equipe manteve o sangue frio nos momentos mais agudos e coroou a vitória com uma enterrada de Murilo após rebote ofensivo. O lance, a poucos segundos do fim, incendiou a torcida e acabou com qualquer possibilidade de reação do rival.

O Tricolor volta ao Ginásio Antonio Leme Nunes Galvão na próxima rodada. Terça-feira, a equipe encara o Mogi, novamente às 20 horas, com entrada gratuita.