São Paulo F.C



João Fernando Rossi chefiará basquete profissional

Ex-presidente da LNB assume como gestor geral da modalidade e quer transformar clube em referência

8K1A3615

Por Igor Amorum / saopaulofc.net

O São Paulo ganhou um importante reforço para o novo projeto com a equipe de basquete. Nesta quarta-feira (12), o clube acertou que João Fernando Rossi, ex-presidente da Liga Nacional de Basquete (LNB) será o gestor geral de basquete do clube e comandará todo o processo da modalidade na categoria profissional.

Rossi foi vice-presidente da LNB entre 2013 e 2016 antes de ocupar o cargo máximo da entidade e é apontado como um dos responsáveis diretos pela revolução do basquete brasileiro, hoje apontado como modelo de profissionalização no esporte. Ele mostrou muita motivação no novo desafio e deixou claro que terá no Tricolor a mesma ambição que marcou sua gestão na Liga.

“Ter a oportunidade de estar num clube da magnitude do São Paulo é uma honra e um desafio enorme e poder encabeçar um projeto que tem como objetivo transformar o clube numa referência da modalidade, assim como ele já é no futebol certamente, é um grande fator de motivação”, afirmou.

Rossi conduzirá o processo ao lado do Diretor Geral do Clube Social, Carlos Belmonte, um dos idealizadores do projeto do basquete e que também estará diretamente envolvido com as atividades do dia a dia. Eles terão o suporte do diretor social de basquete Maurício Sanzi, que comanda as categorias de base e ajudará na prospecção de jovens talentos que poderão ser absorvidos pela equipe profissional.

“O projeto de basquete do São Paulo começou grande, com a pretensão de ser algo que vai orgulhar o torcedor. O João Fernando Rossi, que teve um notável trabalho à frente da LNB, traz enorme credibilidade ao que estamos fazendo. Estamos muito felizes com a chegada dele, que reforça nosso otimismo com os próximos passos”, afirmou o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva.

O São Paulo continua seu planejamento para o ano que vem e agora trabalha para montar a comissão técnica e o elenco para a disputa da Liga Ouro, que começa em fevereiro. A competição é a divisão de acesso para entrar no NBB.